Centenas de militantes pró-democracia voltam a protestar no aeroporto de Hong Kong

Centenas de militantes pró-democracia protestavam novamente nesta terça-feira no aeroporto internacional de Hong Kong, um dia depois de uma grande manifestação que provocou o cancelamento de voos.

Poucos manifestantes passaram a noite no aeroporto e os voos foram retomados durante a manhã. Mas no início da tarde, centenas de ativistas retornaram ao local, respondendo a uma convocação para um novo protesto.


Os manifestantes, vestidos de preto, a cor símbolo do movimento pró-democracia, gritavam frases com pedidos de liberdade, enquanto os passageiros se apressavam para embarcar nos voos.

Na segunda-feira, a autoridade aeroportuária do território anunciou a decisão, incomum, de anular todos os voos depois que milhares de manifestantes invadiram o terminal de desembarque.

Os ativistas começaram a chegar ao aeroporto nesta terça-feira poucas horas depois de um discurso no qual a chefe de Governo de Hong Kong, Carrie Lam, leal a Pequim, advertiu que os protestos levarão a cidade a um “caminho sem retorno”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *