Em reunião não divulgada, Toffoli e Onyx tratam de diálogo entre três Poderes

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, almoçaram juntos nesta terça-feira (12) para tratar de diálogo entre os três Poderes. O presidente Jair Bolsonaro (PSL) participou da conversa por telefone. O encontro foi no restaurante Rubaiyat, em Brasília.

A ideia é que os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) e o do STF mantenham reuniões regulares com o governo federal. Dias Toffoli disse que o diálogo não significa “concordância plena com tudo”. Segundo o ministro, “o importante é que haja o diálogo pra sair o melhor produto final possível”.


A conversa entre Onyx e Toffoli não constava na agenda do ministro da Casa Civil. O almoço dos 2 foi informado na agenda do presidente do Supremo, mas não indicava o local.

Questionado sobre isso, Onyx negou: “Foi publicado sim, senhor. Tanto na minha quanto na do Toffoli. Foi divulgado desde o início porque sempre utilizamos de absoluta transparência.”

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Onyx não soube dizer se o texto da reforma da Previdência será definido nesta semana: “Isso tudo depende do presidente. Levando os modelos, ele vai trazer para a gente sua opinião e nossa equipe técnica em poucos dias resolve.”

Sobre a alta de Bolsonaro do hospital Albert Einstein, em São Paulo, o demista disse que aguarda a decisão dos médicos e que o presidente “precisa voltar para Brasília 100%”.

A previsão é que seja até sexta-feira (15). “Estamos trabalhando com alta esta semana, mas vamos aguardar”, disse o porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *