Luciano Rezende nomeia aliado de Gandini como Secretário de Governo

O Prefeito de Vitória Luciano Rezende (PPS) deu nesta terça-feira (04), mais uma demonstração inequívoca do quanto está disposto a utilizar a máquina da Prefeitura de Vitória para ajudar a eleger seu aliado o deputado estadual Fabrício Gandini em sua sucessão no ano que vem. O prefeito nomeou o atual chefe de gabinete de Gandini, o servidor Deyvid Alberto Hehr como Secretário de Governo da Prefeitura de Vitória.

A exoneração e a nomeação de Deyvid Alberto Hehr foram publicadas no diário oficial desta terça-feira (04), ele atuava como Supervisor Geral de Gabinete na Assembleia Legislativa e tinha um salário de R$ 9.694,92 e agora como Secretário de Governo da Prefeitura de Vitória vai receber salário de R$ 13.871,15. Deyvid entrou no lugar de Elisabeth Endlich, que está licenciada para tratamento de saúde. 


Já no lugar de Deyvid Alberto Hehr no gabinete do deputado estadual Fabrício Gandini na Assembleia Legislativa, ele nomeou o Pastor da Igreja Batista de Jardim Camburi Vander Borge dos Santos, homem de confiança do parlamentar que já havia o substituído quando Gandini deixou a Secretaria de Gestão Estratégica na Prefeitura de Vitória, para retornar para seu mandato de vereador, antes de se eleger deputado estadual. 

Em março deste ano, em evento do PPS realizado na Câmara de Vitória, o Prefeito Luciano Rezende, defendeu que seu correligionário de partido, o então recém-eleito deputado estadual Fabrício Gandini fosse o candidato do partido a sua sucessão, depois deste anúncio o parlamentar passou a participar de todos as ordens de serviços, inaugurações e reuniões realizadas pela Prefeitura de Vitória.

Um vereador de Vitória ouvido pelo site Política Capixaba, confirmou que é nítida a influência de Gandini na Prefeitura de Vitória: “Ele tem procurado candidatos a vereador, tem oferecido cargos na prefeitura de Vitória, em troca de apoio a sua eleição em 2020 e inclusive tem operado com outros dois, três partidos aliados”, confidenciou o parlamentar, que pediu seu anonimato. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *