Trump impõe condições para que abertura comercial com a China seja concluída

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira (31) que só concluirá 1 acordo de abertura de mercado com a China se o país asiático aceitar incluir os fabricantes, os fazendeiros e outras indústrias e negócios norte-americanos.

Nas palavras do mandatário norte-americano, ele está procurando a China para buscar uma abertura para além da área financeira. Segundo o republicano, 1 acordo sob esses moldes é “inaceitável”.


ENTENDA O CASO

A relação comercial entre China e EUA está estremecida desde a eleição de Donald Trump, em 2016. Em março do ano passado, o presidente norte-americano anunciou tarifas de US$ 50 bilhões sobre mais de 1.000 produtos chineses, alegando violação de propriedade intelectual.

Em resposta, a China impôs tarifas de 25% sobre 128 produtos americanos na área da agricultura, transportes, entre outras. Os meses seguintes foram de sobretaxas aplicadas por ambos os países.

Em dezembro, as duas nações anunciaram uma trégua, mas as negociações pouco avançaram desde então.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *